"Renuncie aos desejos e encontrars o que seu corao deseja" (So Joo da Cruz).
Sobre mim

"Cristo meu nome e Catlico meu sobrenome. Um me designa, enquanto o outro me especifica. Um me distingue, o outro me designa. por este sobrenome que nosso povo distinguido dos que so chamados herticos" (So Paciano de Barcelona).

Regina Caeli
(Rainha do Cu)


Rogai por ns!

Link-me



Igreja Catlica Apostlica Romana

A Igreja de Cristo forte e mesmo que um milho de inimigos se levantem contra ela, outros tantos, homens de vossa dextra poderosa sero suscitados para combater as heresias e guardar a f inviolada da Madre Igreja Una, Santa, Catlica e Apostlica.

Santo Elias


Padroeiro do Blog!

Goodies

Ilustradores de post
Plaquinhas

Papa Bento XVI


"E eu te declaro: tu s Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno no prevalecero contra ela" (Mat 16, 18).

Arquivos

A Igreja Catlica e a cincia I
A Igreja Catlica e a cincia II
Cristo na Eucarstia
Cruz de Jesus Cristo
Gnero: o que isso?
Intolerncia catlica
Matrimnio cristo
Mitos sobre a Igreja Catlica I
Mitos sobre a Igreja Catlica II
Modstia no vestir
O caso Galileu
Os dez mandamentos
Padres pioneiros cientficos I
Padres pioneiros cientficos II
Primado de Pedro
Santa Missa
Sem sacrifcios?

Defesa da Vida

Clique

Vdeos

Antropotesmo
Conclio Vaticano II
Devoo Santssima Virgem
Evolucionismo
Existncia de Deus
Histria da Igreja Catlica
Idade Mdia
Liberalismo
Orao Mental
Romantismo
Sacrifcio da Missa

Santa Joana dArc


Padroeira do Blog!

Artigos

Conclio Vaticano II
Feminismo e marxismo
Iluminismo
Martinho Lutero
Nova Missa
O primado do papa
Protestantismo II
Pureza
Santo Rosrio
Sensualidade

Award



Linkage

A Grande Guerra + Caifarsa + Montfort + So Pio V

Crditos e Etc

Dirio da Tati


So poucos os que amam a cruz de Jesus Cristo

Trataremos nesta postagem de uma questão importantíssima para a nossa fé. Normalmente, as pessoas demonstram grande apreço por Deus quando as coisas correm bem, porém é só acontecer algum problema que Deus é mandado para longe. As pessoas que assim agem não amam a Deus, apenas querem usufruir daquilo que Deus pode lhes proporcionar. O verdadeiro amor, que não é interesseiro, permanece firme em todas as situações.

Tem muitos que amam o seu reino celeste, poucos que carregam sua cruz; muitos desejam suas consolações, poucos os seus sofrimentos; muitos são companheiros de sua mesa, poucos de sua abstinência. Todos almejam gozar com Ele, poucos querem sofrer algo por seu amor. Muitos acompanham Jesus até ao partir do pão, poucos até ao beber do cálice de sua paixão. Muitos admiram os seus milagres, poucos abraçam ignomínia da cruz. Muitos amam a Jesus enquanto não lhes bate à porta a adversidade, louvam-no e bendizem-no enquanto dele recebem consolações. Se Jesus, porém, se esconde ou deles se afasta por algum tempo, entram logo a queixar-se e a cair em excessivo desalento.

Os que amam a Jesus por Jesus e não pela própria satisfação, bendizem-no tanto nas tribulações e angústias como nas maiores consolações. E ainda quando não os quisesse consolar nunca, eles o louvariam sempre e sempre lhe dariam graças.

Não merecem, porventura, o nome de mercenários os que andam sempre à busca de consolações? Não dão provas de amar mais a si que a Cristo os que não pensam senão em seus cômodos e interesses? Onde se encontrará quem queira servir a Deus gratuitamente?

É raro encontrar uma alma tão adiantada na vida espiritual que esteja desapegada de tudo. O verdadeiro pobre de espírito, desprendido de todas as criaturas, quem o achará? "Tesouro precioso que debalde se buscaria até às extremidades da terra" (Provérbios 31, 10). Se o homem abrir mão de toda sua fortuna, isso é nada. Se fizer grande penitência, ainda é pouco. Se adquirir todas as ciências, ainda está longe. Se tiver grandes virtudes e piedade fervorosa, muito ainda lhe falta. Falta-lhe a coisa mais necessária. Qual? Que, tendo deixado tudo, deixe a si mesmo e saia totalmente de si, sem nenhuma reserva de amor próprio; e tendo cumprido o que julga ser seu dever, sinta que nada fez.

N
ão tenha em muita conta o que por grande poderiam estimar os homens, mas com sinceridade se confesse servo inútil, conforme a palavra da verdade: "Quando fizerdes tudo o que vos foi mandado dizei: servos inúteis somos" (Lucas 17, 10). Poderá então verdadeiramente pobre de espírito e desapegado de tudo, dizer com o profeta: "Sou pobre e só no mundo" (Salmos 24, 16). Ninguém, todavia, é mais rico, mais poderoso, mais livre do que aquele que soube deixar a si mesmo e todas as coisas e colocar-se no último lugar.



Por Dia || 23h44  ||